E3 - Electronic Entertainment Expo
E3 – Electronic Entertainment Expo

Seguindo, os posts sobre as conferências da E3 2012. Dessa vez vamos para o resumo da apresentação da EA Games.

Começando com o trailer de Dead Space 3. A EA simplesmente destruiu o jogo original, mais ou menos como fizeram com Resident Evil. Não havia motivo de mudança tão radical. O antigo jogo de terror que te deixava realmente incomodado durante o gameplay se tornou um jogo de ação que tenta se passar por assustador. Além de tudo foi incluído um modo Cooperativo no jogo. E agora se tornou um Gears of War no cenário de Lost Planet.

E é a vez de Madden NFL ’13 novamente por hoje. A história não é muito diferente da de hoje cedo ou de quando vão lançar um jogo novo de franquia esportiva anual: Físicas melhores, gráficos um pouco mais bonitos e Inteligência artifical melhorada.

Então são anunciados dois novos SimCity. O primeiro é SimCity Social e como você já deve esperar, é um jogo para Facebook. Apesar de ser mais antigo, admito que acho SimCity um tipo de jogo perfeito para o Facebook, vide o sucesso de Colheita Feliz e similares. Por falar nisso o slogan do jogo é “More City Less Ville”. O outro é um novo SimCity, o nome é só isso mesmo, propriamente dito. Está bem bonito e o famoso simulador de cidades está de volta e completamente atualizado. Após exemplos de construções, no final é mostrado uma espécie de Godzilla do jeito que os antigos fãs gostavam. E agora com Multiplayer, porque a EA não ia perder a oportunidade de adicionar Social e Multiplayer em mais um jogo.

Logo depois veio o momento de Battlefield 3. A EA quer continuar a manter o jogo interessante pros jogadores atuais e captar novos(principalmente os jogadores de Call of Duty). Para isso, ela começou lançando um serviço idêntico ao Elite da Activision, com o mesmo plano de estatísticas e DLCs “grátis”. É o Battlefield Premium. Virão a seguir mais 4 expansões para o jogo. Ele já está disponível no Origin e custa 50 reais.

Após isso começa a tocar o tema de Star Wars, se já não soubesse o que vinha por aí eu poderia até me alegrar. Apesar do que a Bioware disse no video inicial, the Old Republic anda MUITO mal das pernas perdendo jogadores conforme o tempo passa. O MMO é um World of Warcraft com a temática de SW que chegou alguns anos atrasado. Foram anunciadas novidades padrão de um MMO: Novas Quests, Personagens, Mapas e Habilidades. Esse continua sendo mais um WoW genérico.

Chegou a hora de Medal of Honor: Warfighter. Como eu disse, a EA quer o público de Call of Duty, se não é por um jogo diferente é por uma cópia desse. E MoH é a desculpa para isso. Ele é exatamente isso: Um Call of Duty feito pela EA com a engine de Battlefield. Com direto ás mesmas explosõe de portas seguidas de slow motion, cena recorrente nos ultimos CoD. Vale ressaltar que o trailer contou com uma trilha sonora que não era dubstep mas era parecida, era Linkin Park(!).

E volta o pessoal do EA Sports, dessa vez pra falar de Fifa 13. A história para a mudança de Madden 12 para o 13 é a mesma aqui. A diferença são as mudanças da aprte Social do jogo. Está com layout novo e novas funções para o modo, permitindo verificar a rede pelo seu iPhone. Também possível importar seus jogadores de Fifa 12 para Fifa 13, quem jogou Mass Effect 3 sabe que a EA tem um certo problema com importação de jogos. No vídeo que fala do Football’s Social Network, inclusive aparece a cidade de São Paulo no globo terrestre.

A surpresa da noite são as imagens de MMA mostrarem o logo do UFC. Pra quem não sabe os jogos do UFC haviam sido licenciados pela THQ faz um bom tempo, como a desenvolvedora quebrou, é até justificável o ocorrido. O único problema é que o jogo anterior de MMA da EA não é muito bom. De resto, continuaremos socando outras pessoas no octógono.

E para delírio de alguns fãs antigos, aparece o novo Need for Speed: Most Wanted. Feito pela Criterion games, o remake do jogo de PS2 (não precisava usar o mesmo titulo né EA?) conta com mundo aberto e muitas colisões durante as corridas. Sim, eles transformaram NFS em Burnout, realmente espero que fique bom. E muito bonito por sinal.

E pra fechar a noite, Crysis 3. Pois é, o terceiro FPS que a EA anuncia e o quinto anunciado hoje durante o evento. Apesar de tentarem te enganar, Crysis só serve para vender a engine e pra testar a potência do seu PC e impressionar seus amigos.

Conclusão

Mais uma conferência fraca e dessa vez mais curta. A EA não cansa de enfiar Social e Multiplayer onde não pode mais, isso quando não está ocupada lançando algum FPS novo ou fazendo algum estratégia de marketing com altos preços em cima de jogos medianos ou ruins. O ponto alto foi alto surpresa do UFC, mas nem foi tão alto assim. E fica a esperança de vir um Burnout Need for Speed legal por aí.

DEIXE UMA RESPOSTA