O tablet MOX-PAD720 – BOX é mais um android genérico de baixo custo, mas pode chamar de “xing ling”. Pode ser encontrado custando até 200 reais (em março de 2012 no Rio de Janeiro), e por esse preço não podemos esperar algo top de linha.

A tela é uma das menores dos tablets genéricos, apenas 4.3 polegadas (o mesmo que um celular Galaxy SII, por exemplo). Para piorar, ela é, argh, resistiva e single-touch (entenda os diferentes tipos de tela). A memória, apesar de DDRII, é bem pouca e a velocidade do processador é menor quando comparado a outros genéricos do mercado. Não oferece conectividade 3G.

Entretanto há pontos positivos, como uma versão do Android mais atual do que muitos concorrentes, contando inclusive com suporte ao Flash. Há também saída para TV que, se cumprir bem o prometido, oferece uma resolução bastante boa (720p) para assistir filmes e séries na tela grande (isso se o processador aguentar o tranco de um bom player de vídeo com legendas…)

  • Tela: 4.3″ Polegadas / Resistiva / Single Touch / Widescreen (16:9) / 480×272 Pixels
  • Processador: CPU Chiprise F20 660 Mhz
  • Memória: DDRII 256MB RAM
  • Sistema Operacional: Android 2.3 Gingerbread com suporte ao Adobe Flash 10.1
  • Armazenamento: interno - 4GB / externo – cartão de memória Micro SD até 32 GB
  • Internet: Conexão Wi-Fi: IEEE 802.11 b/g
  • Saída para TV: até 720P
  • Conexão Mini USB (HOST e OTG)
  • Alto-falantes, microfone e fone de ouvido (3,5mm) / Outros: G-Sensor (90º graus)
  • Bateria polímero de lítio de 1150mAh (autonomia não especificada)