Samsung

A Huawei – uma das fabricantes de smartphones emergentes – no dia 22 de julho colocou a  Samsung Electronics, líder de mercado, na mira de um processo por violação de patente.

A gigante de telecomunicações chinesa, Huawei,  entrou com uma ação no tribunal federal dos Estados Unidos e da China, alegando que o fabricante coreano violou 11 patentes da propriedade da Huawei. Estes incluem a licença da tecnologia 4G de comunicação, OS, e UI nos habilitados para LTE smartphones da Samsung.

A Samsung apenas afirmou que a empresa está trabalhando para defender os seus interesses comerciais, sem fornecer um elaborado plano de ação.

Esta não é a primeira vez que a Samsung está sob fogo cruzado por violação de patente. A mais popular batalha litigiosa de patentes foi quando a Apple processou a Samsung, no EUA de volta em 2011, dizendo que a Samsung havia imitado o iPhone e empregou a tecnologia sem licença.

A cobrança foi a um montante de US $ 2 bilhões, mas foi reduzido para US $ 120 milhões por danos violação de patente. A gigante coreana também foi convidado a mudar seu projeto devido a alegações por ter roubado a ideia da Apple. Ambas as empresas, no entanto, chegaram a um acordo.

Em outono de 2014 outra empresa entrar com um processo contra a Samsung, desta vez, foi a Nvidia, que afirmou que a Samsung infringiu patentes que cobrem chips gráficos – domínio principal da Nvidia. A Samsung rebateu dizendo a Nvidia violou cerca de seis patentes diferentes e foi envolvido em práticas de publicidade enganosa. No entanto, logo as duas empresas chegaram a um acordo e decidiram abandonar as alegações.

Huawei afirma ter mais de 50.000 patentes sob o seu comando globalmente. A Samsung também tem apresentado diversas patentes – em 2015 cerca de  7.679 patentes foram concedidas à empresa, enquanto que 4.443 aplicações ainda estão pendentes. A Samsung revelou que detém mais de 100.000 patentes a nível mundial a partir de 2012. A empresa não revelou  quaisquer outras estatísticas depois disso.

Fonte: BBC

DEIXE UMA RESPOSTA