Home Mobile

Review do Motorola Backflip – MB300

Motorola Backflip
Motorola Backflip

O Motorola Backflip é um Smartphone diferente, um pouco menor dos mais populares do mercado pode agradar quem tem mãos pequenas, farei um Review detalhado e bem distinto do que os outros que você vai encontrar na internet.

O Backflip vem oficialmente com sistema Android 1.5 e a atualização oficial para o Android 2.1, mas apenas nos Estados Unidos e nem tente usar a atualização deles. Entretanto existe uma atualização não oficial.

O Motorola Backflip é um Smartphone pequeno, apesar da tela de 3.1 polegadas, facilmente me acostumei a digitar nele. A Tela touch não é das mais sensíveis que já mexi, somente com a atualização do 2.1 me senti realmente confortável para usar o aparelho.

Especificações

  • Processador de 528 Mhz
  • Memória de 256 Mega
  • Armazenamento interno de 512 Mega
  • Suporte Cartões de até 32 GB
  • Câmera de 5 Mega, que pode ser utilizada como “frontal”, com Flash
  • Android 1.5
  • 3G / wifi / bluetoofh
  • Acelerômetro
  • Teclado físico e touch

Como Atualizar o Motorola Backflip

Antes de continuar lendo o review devo lembrar o Backflip só ficou realmente bom com a Atualização do Android 2.1, que infelizmente não existe uma atualização oficial no Brasil no entanto tem opções alternativas, para fazer a atualização de firmware você: Ter acesso root no aparelho, baixar o firmware  e instalar.

É um processo complexo e pode INUTILIZAR o aparelho, mas melhora muito o desempenho do Backflip e ainda é possível fazer um Overclock no processador.

Fazendo Acesso Root no Backflip:

O Acesso Root faz você ter realmente controle de todo Android, com ele você ganha várias funcionalidades, mas o importante com relação ao Backflip é que somente com Acesso Root você vai conseguir remover os ícones de jogos e aplicativos instalados pela Motorola, O que é um absurdo, eu consegui fazer acesso root seguindo o Tutorial do Droid Brasil:

  • Como fazer Acesso Root no Motorola Backflip – Droid Brasil

Como eu disse é um processo complicado e exige paciência!

Atualizando para o Android 2.1

Eu também fiz a atualização para o Android 2.1 pelo mesmo artigo do Droid Brasil, além de melhor desempenho conseguir um grande acesso de aplicativos, caso você não saiba metade do mercado mundial de Android estão com a versão 2.1 logo é a melhor versão para conseguir aplicativos, acesse pelo mesmo link:

  • Atualização do Android 2.1 para o Backflip – Droid Brasil

Atualização para o Android 2.2 (Froyo)

Esse é quente, o Droid Brasil soltou hoje mais um atualização o Vinicius Nascimento autor do artigo garantiu que ficar outro aparelho, ainda não pude testar, mas parece que diminui ainda mais alguns bugs e melhora o desempenho e os aplicativos ainda são compatíveis com o do 2.1

  • Tutorial do Android 2.2 para o Motorola Backflip – Droid Brasil

Backtrack

Atrás do aparelho, você vai encontrar um trackpad, nomeado pela Motorola de Backtrack, realmente bem inovador o que não vai encontrar uma utilidade real para o aparelho. A navegação tanto no sistema quanto na internet fica bem confusa.

O Backtrack do Motorola Backflip
O Backtrack do Motorola Backflip

Não é implicância minha, apenas imagine que o sistema e os aplicativos foram projetados para aparelhos onde essa inovação não existe e a Motorola não deu nenhuma função real ao Backtrack.

Parece que se torna útil somente com alguns jogos FPS, mas depende do seu nível de Ninjutsu para jogar.

Motoblur

Oficialmente conta o Motoblur integrado, um sistema próprio da motorola que integra todas as suas Redes Sociais, mas afeta diretamente o desempenho do aparelho, felizmente existem firmware alternativos sem ele.

Câmera

A Câmera é bem fraquinha, depende muito da iluminação, apesar dos 5 mega, para se ter uma ideia o tamanho da foto em sua qualidade máxima fica de vergonhosos até 600KB, qualquer câmera decente de 5 mega apresentaria pelo menos uma foto de 2 mega de tamanho.

Parece que as fotos perdem um pouco das cores, o Flash se torna um elefante Branco que pode ser usado como lanterna, a filmagem só é feita em .3gp em no máximo 320 pixels, realmente ruim.

Teclado QWERTY

O teclado fica para o lado de fora quando mantém fechado o aparelho, ele possui um teclado físico horizontal, além de contar com teclado touch.

Conclusões

Se você reparou o aparelho não me agradou, a única razão disso é o PREÇO, esse aparelho teve o lançamento por R$ 1.500 reais hoje em dia você encontra ele numa média de R$ 1.200, eu acho que ele deixar muito a desejar, é questão de detalhes, detalhes que um aparelho nessa faixa de preço não poderia deixar passar, como por exemplo eu ter que abrir a entrada da bateria para colocar o cartão de memória.

O Material é feito de plástico bem resistente, mas que em menos de um ano, esteve todo descascando, parece não acontecer com todos, mas tem que ver isso ai,  o GPS demora um pouco para carregar. Eu faço comparação com outros aparelhos do mercado que te qualidade de Material muito superior sendo alguns da Nokia ou até mesmo outros com Android.

Se você está procurando um Android mais parrudo e ainda sim da Motorola. Veja o meu Review do Motorola Atrix, um smartphone com processador de dois núcleos.

Esse aparelho deveria custar no máximo uns 600,00 reais mesmo no lançamento. Se você quer um Android para começar pule para outro aparelho.

Eu só recomendo o Motorola Backflip para aqueles que vão pegar ele usado a menos de R$ 500,00 e vão fazer a atualização não oficial para o Android 2.2, assim você terá um aparelho com ótimo custo beneficio e para fazer algumas fotos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here